Você sabe em qual época surgiu e de onde veio o delicioso sorvete?

Conheça as origens dessa delícia gelada, como ela se tornou tão popular no Brasil através de barcos que vinham dos Estados Unidos e atracavam no Rio de Janeiro e a adaptação por acidente do famoso picolé!

 

O primeiro sorvete

Não há uma certeza exata sobre a origem do sorvete e qual a real época que ele foi inventado. Alguns estudos dizem que o sorvete é uma invenção chinesa: a mistura de gelo, leite e arroz que aconteceu no país há mais de 3000 anos e foi se popularizando no mundo pela descoberta do Imperador Marco Polo.

Curiosidade: Outra menção de sua origem é a do Imperador Nero. Lendas dizem que ele ordenava aos seus escravos que buscassem neve nas montanhas para congelar mel e frutas e assim criar uma delícia refrescante doce, a qual mais tarde foi adaptada e chamada de sorvete.

 

O MITO DE MARCO POLO

De acordo com crenças populares, o Imperador Marco Polo teria sido o responsável por espalhar a fama e o conhecimento da receita original do sorvete criado na China pelo mundo. Imagina-se que ele teria conhecido o sorvete em uma expedição de navio à China e levado a ideia da iguaria de volta até a Itália. De lá, novas técnicas foram desenvolvidas, não somente o ‘sorbet’ à base de água, açúcar e frutas, mas também os gelatos mais conhecidos do mundo hoje, à base de leite e cremes que deixam tudo mais cremoso e saboroso.

Obrigado, Marco Polo <3 hahaha

 

 

De 1674 até a popularização do sorvete

A primeira receita em francês foram chamadas de ‘gelos aromatizados’, onde eram congelados pedaços de frutas ou ervas em pedaços de gelo para a degustação. Até o século 19, somente a elite tinha a oportunidade de experimentar essa iguaria, acredita?

Somente após 1850 com novas técnicas de armazenamento do gelo e a capacidade de exportação de um território ao outro, indústrias aproveitaram a ideia de comercializar em lugares mais quentes, iniciando um processo de democratização ao consumo.

No século 20, o avanço da eletricidade permitiu ainda mais a popularização do sorvete com a invenção dos refrigeradores, que facilitaram a industrialização.

 

Curiosidade: Você sabia que durante a Segunda Guerra Mundial e a Guerra Fria, os sorvetes (junto aos cigarros e refrigerantes) faziam parte da lista de itens indispensáveis para manter o ânimo das tropas americanas? O governo dos EUA acreditavam que os soldados precisavam se distrair com um doce popular unânime.

  

No Brasil

Tudo começa no Rio de Janeiro. Os cariocas, moradores de um dos Estados mais quentes do Sudeste, foram os primeiros a provarem, em 1834, como seria a mistura de raspas de gelo com sabores doces e açúcares. Um navio originado de Boston-EUA aportou no Rio com 200 toneladas de gelo em blocos exclusivos para fazer sorvete.

Naquela época, como os equipamentos de armazenamento ainda não estavam disponíveis, as sorveterias preparavam os sorvetes assim que chegavam dos portos e anunciavam o momento da venda enquanto ele ainda estava intacto. Isso causava alvoroço e muita confusão, pois as filas eram enormes para a compra e não havia estoque para todos os cariocas. Até as mulheres, que na época não podiam ter acesso a bares, cafés e padarias, quebraram o protocolo e fizeram fila para experimentarem a novidade gelada.

 

 
 

O picolé

Outro formato popular de sorvete é o picolé. A história mais conhecida de sua invenção foi a de que em 1905, um garoto de 11 anos chamado Frank, durante o inverno norte-americano, preparou um suco em um copo de vidro mexendo com uma colher, mas esqueceu por acidente seu refresco do lado de fora da casa. Na manhã seguinte, seu suco estava congelado e com a colher fincada no centro. Ele se surpreendeu com o sabor doce e divertido e o apresentou aos seus amigos. Somente em 1923 que decidiu comercializar esse tipo de sorvete.

Uau, que trajetória incrível da origem à chegada dessa delícia em nosso país. Hoje em dia o sorvete pode ser considerado uma das sobremesas mais consumidas do mundo, passando por períodos de ‘gourmetização’, adaptações regionais e invenção de novos e deliciosos sabores. Fala, sério, temos que desconfiar de quem não ama um sorvete bem feito!

 

Gostou da publicação. Me conte sua opinião com uma avaliação e comente! <3

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn